Apuração da PF aponta que grupo de hackers pode ter feito mais de mil vítimas

Apuração da PF aponta que grupo de hackers pode ter feito mais de mil vítimas Destaque

O passo a passo das investigações que chegaram ao grupo de hackers que invadiu o celular do ministro da Justiça, Sérgio Moro e de outras autoridades, será mostrado em uma apresentação nesta terça-feira (24), pela Polícia Federal.

De acordo com o G1, quase mil outras pessoas dos três Poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário) teriam sido alvo dos hackers. Para a PF, eles são estelionatários e praticaram crime a fim de obter benefícios em dinheiro.

A identificação do grupo começou a ser feita há alguns dias a partir de investigações que incluíram apreensões e buscas em São Paulo, Araraquara e Ribeirão Preto e que não deixaram dúvidas sobre os responsáveis pelo hackeamento do celular do ministro da Justiça.

About Author

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.