EUA retardam visto para filhos de Glenn Greenwald, diz marido

EUA retardam visto para filhos de Glenn Greenwald, diz marido Destaque

 

O deputado federal David Miranda (PSOL-RJ), marido do jornalista e fundador do The Intercept Brasil, Glenn Greenwald, diz que o consulado dos Estados Unidos pode ter retardado a concessão de um visto emergencial para seus filhos por "ordens de cima". A informação é da coluna de Mônica Bergamo, na Folha.

Segundo o parlamentar, o jornalista apresentou ao consulado dos EUA no Rio um relatório médico que mostra que a mãe dele sofre de um câncer terminal e pediu o visto para que os dois filhos possam viajar com ele a Miami, a fim de conhecer a avó. Os documentos foram levados à representação americana na manhã da última segunda (22) por Miranda.

No mesmo dia, o deputado diz ter recebido um documento dizendo que o visto foi aprovado e que ele poderia voltar às 14h para buscar os passaportes. No entanto, ao chegar ao local, Miranda foi informado de que seriam necessárias informações adicionais para a aprovação do visto. E que não havia mais data para que eles fossem entregues.

“Provavelmente houve uma ordem de cima para que isso ocorresse. É uma crueldade com as crianças e com a mãe do Glenn”, diz o parlamentar. Entre as novas perguntas feitas pelo consulado, está um questionamento sobre em que os garotos trabalharam nos últimos 15 anos. As crianças têm 12 e 8 anos de idade.

About Author

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.